topo formula 1

contato

Contato

+55 85 98890.3303

+55 85 98890.4515

+55 85 3344.2048

[email protected]

lateral
lateral

Notícias



04/08/2014 - Dicas como arrumar a mala na hora da viagem



 

Fazer a mala pode ser cansativo e chato, principalmente quando se quer levar muita coisa para a viagem. Além do mais, a bagagem de volta geralmente é mais pesada que a de ida, já que sempre há coisas compradas na viagem. Portanto, saber como arrumá-la, aproveitando todos os espaços possíveis, é fundamental.O primeiro passo é avaliar o que deve ser levado. Você não precisa de exatamente tudo. Tenha em mente que o local para onde você vai acaba determinando o que você precisará.Por isso, selecione as maquiagens adequadas e somente as joais que sabe que vai usar. Coloque - as em saquinhos, isso falicita bastante, já que eles podem ficar em vários cantinhos da mala. Outra ideia é esticar o cinto nas laterais da mala e colocar as meias dentro dos sapatos. Antes de pensar em levar os secadores e pranchas dentro da mala, procure saber se o hotel em que ficará hospedado tem esses equipamentos.Em relação às roupas, procure dobrá-las em rolinhos. Mas, se for um tecido fácil de amassar, como calças e vestidos, é melhor que sejam dobradas no formato retangular.O ideial é que os pertences de valor, como máquinas fotográficas, notebooks e celulares sejam levados na bagagem de mão, principalmente se for viajar de ônibus.Fonte: Diário do Nordeste
Fazer a mala pode ser cansativo e chato, principalmente quando se quer levar muita coisa para a viagem. Além do mais, a bagagem de volta geralmente é mais pesada que a de ida, já que sempre há coisas compradas na viagem. Portanto, saber como arrumá-la, aproveitando todos os espaços possíveis, é fundamental.
O primeiro passo é avaliar o que deve ser levado. Você não precisa de exatamente tudo. Tenha em mente que o local para onde você vai acaba determinando o que você precisará.
Por isso, selecione as maquiagens adequadas e somente as joais que sabe que vai usar. Coloque - as em saquinhos, isso falicita bastante, já que eles podem ficar em vários cantinhos da mala. 
Outra ideia é esticar o cinto nas laterais da mala e colocar as meias dentro dos sapatos. Antes de pensar em levar os secadores e pranchas dentro da mala, procure saber se o hotel em que ficará hospedado tem esses equipamentos.
Em relação às roupas, procure dobrá-las em rolinhos. Mas, se for um tecido fácil de amassar, como calças e vestidos, é melhor que sejam dobradas no formato retangular.
O ideial é que os pertences de valor, como máquinas fotográficas, notebooks e celulares sejam levados na bagagem de mão, principalmente se for viajar de ônibus.
Na hora da escolha da mala
De acordo com Claudia Moura, as melhores opções são as retangulares, que são, também, as mais comuns. O tamanho ideal vai depender do tempo que você vai ficar fora e do tamanho da família.
“Famílias com filhos pequenos podem optar por uma mala grande, na qual caiba as coisas de todos. A vantagem é que você só terá um volume com que se preocupar”, diz. “Já para as famílias com filhos maiores, a melhor opção é que cada filho tenha sua mala, já que nesta fase nem sempre os filhos ficam hospedados com os pais”, acrescenta.
A personal organizer lembra ainda que existem algumas malas especiais para ternos e camisas. Estas são ideais para viagens de negócio onde é necessário levar várias roupas sociais.
O que levar?
É verdade que a maioria das mulheres é um pouco exagerada na hora de arrumar a mala! Muitas gostariam de poder colocar uma rodinha no guarda-roupa e levar ele inteiro, não é mesmo?! Mas, como isso não é possível, é preciso ser muito racional na hora da escolha do que levar.
“O que deve ser considerado: quanto tempo você vai ficar; o clima do local; a mudança de clima e os eventos (vai sair para jantar? Dançar? Etc.)”, diz Claudia Moura.
A dica da personal organizer é pensar sempre em peças que podem ser usadas mais de uma vez e que combinam com várias coisas. “Por exemplo: uma calça jeans pode ser usada umas três vezes, então, leve-a com três camisas. Desta forma você já tem três looks montados”, diz. “Peças básicas e com cores neutras também ajudam a fazer a combinação”, acrescenta.
Quem vai para a praia, provavelmente, ficará a maior parte do tempo de roupa de banho e chinelo… Então, para que levar 4 calças, 17 shorts, 12 vestidos e 5 pares de sapato de salto alto?! Certamente isto tudo não é necessário, por mais que você se sinta tentada a levar os itens do seu guarda-roupa que você mais gosta.
“Avalie bem a possibilidade de surgir algum evento que precise dessas roupas mais chiques”, alerta Claudia Moura. Mas, caso perceba que de fato não participará de muitos eventos à noite, não exagere na montagem dos looks para levar.
Para o frio, a dica da personal organizer é levar um casaco pesado e quente, de cor neutra, como preto, marrom ou off white. Assim você pode variar apenas a roupa de baixo (camisas, blusas e calças).
“O mesmo pensamento vale para os sapatos: leve pares básicos, confortáveis, que combinem com a estação, assim você pode usá-los mais de uma vez e evita levar a sapateira inteira”, explica Claudia.
Fonte: Diário do Nordeste

Fazer a mala pode ser cansativo e chato, principalmente quando se quer levar muita coisa para a viagem. Além do mais, a bagagem de volta geralmente é mais pesada que a de ida, já que sempre há coisas compradas na viagem. Portanto, saber como arrumá-la, aproveitando todos os espaços possíveis, é fundamental.

O primeiro passo é avaliar o que deve ser levado. Você não precisa de exatamente tudo. Tenha em mente que o local para onde você vai acaba determinando o que você precisará.Por isso, selecione as maquiagens adequadas e somente as joais que sabe que vai usar. Coloque - as em saquinhos, isso falicita bastante, já que eles podem ficar em vários cantinhos da mala. Outra ideia é esticar o cinto nas laterais da mala e colocar as meias dentro dos sapatos.

Antes de pensar em levar os secadores e pranchas dentro da mala, procure saber se o hotel em que ficará hospedado tem esses equipamentos.Em relação às roupas, procure dobrá-las em rolinhos. Mas, se for um tecido fácil de amassar, como calças e vestidos, é melhor que sejam dobradas no formato retangular.O ideial é que os pertences de valor, como máquinas fotográficas, notebooks e celulares sejam levados na bagagem de mão, principalmente se for viajar de ônibus.


Na hora da escolha da mala


De acordo com Claudia Moura, as melhores opções são as retangulares, que são, também, as mais comuns. O tamanho ideal vai depender do tempo que você vai ficar fora e do tamanho da família.


“Famílias com filhos pequenos podem optar por uma mala grande, na qual caiba as coisas de todos. A vantagem é que você só terá um volume com que se preocupar”, diz. “Já para as famílias com filhos maiores, a melhor opção é que cada filho tenha sua mala, já que nesta fase nem sempre os filhos ficam hospedados com os pais”, acrescenta.


A personal organizer lembra ainda que existem algumas malas especiais para ternos e camisas. Estas são ideais para viagens de negócio onde é necessário levar várias roupas sociais.


O que levar?


É verdade que a maioria das mulheres é um pouco exagerada na hora de arrumar a mala! Muitas gostariam de poder colocar uma rodinha no guarda-roupa e levar ele inteiro, não é mesmo?! Mas, como isso não é possível, é preciso ser muito racional na hora da escolha do que levar.


“O que deve ser considerado: quanto tempo você vai ficar; o clima do local; a mudança de clima e os eventos (vai sair para jantar? Dançar? Etc.)”, diz Claudia Moura.
A dica da personal organizer é pensar sempre em peças que podem ser usadas mais de uma vez e que combinam com várias coisas. “Por exemplo: uma calça jeans pode ser usada umas três vezes, então, leve-a com três camisas. Desta forma você já tem três looks montados”, diz. “Peças básicas e com cores neutras também ajudam a fazer a combinação”, acrescenta.


Quem vai para a praia, provavelmente, ficará a maior parte do tempo de roupa de banho e chinelo… Então, para que levar 4 calças, 17 shorts, 12 vestidos e 5 pares de sapato de salto alto?! Certamente isto tudo não é necessário, por mais que você se sinta tentada a levar os itens do seu guarda-roupa que você mais gosta.
“Avalie bem a possibilidade de surgir algum evento que precise dessas roupas mais chiques”, alerta Claudia Moura. Mas, caso perceba que de fato não participará de muitos eventos à noite, não exagere na montagem dos looks para levar.


Para o frio, a dica da personal organizer é levar um casaco pesado e quente, de cor neutra, como preto, marrom ou off white. Assim você pode variar apenas a roupa de baixo (camisas, blusas e calças).


“O mesmo pensamento vale para os sapatos: leve pares básicos, confortáveis, que combinem com a estação, assim você pode usá-los mais de uma vez e evita levar a sapateira inteira”, explica Claudia.

Fonte: Diário do Nordeste

 

© 2006 - 2017 Fórmula 1 Paracuru - All rights reserved | Desenvolvido por RtiWeb
Sites e Sistemas - 7 anos de projetos bem sucedidos - Peça seu orçamento! troca de links